terça, 17 julho 2018
Imagem topo

Palavra de Deus

  • Edição de 5 de julho de 2018

    POR: Manuel Venade Martins (pastor) www.igrejaemanuel.org

    E aconteceu que, num daqueles dias, entrou num barco com seus Discípulos e disse-lhes: Passemos para a outra banda do lago. E partiram. E, navegando eles, adormeceu; e sobreveio uma tempestade de vento no lago, e enchiam-se de água, estando em perigo.

    E, chegando-se a Ele, o despertaram, dizendo: Mestre, Mestre, perece-mos. E Ele levantando-se repreendeu o vento e a fúria da água; e cessaram, e fez-se bonança. E disse-lhes: Onde está a vossa fé? E eles, temendo, maravilharam-se dizendo uns aos outros: Quem é este, que até aos ventos e a água manda lhes obedecem? (Lucas 8:22-25)

    INTRODUÇÃO

    Fé, segundo a Palavra de Deus, é: Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não veem. (Hebreus 11:1)

    a) Firme fundamento: É, sem dúvidas algumas, um alicerce, que deve existir em nosso homem interior, lá no centro da nossa alma, que pode e poderá acontecer nos momentos da nossa vida quotidiana, é quando nosso espírito vai recebendo alimento direto de Deus através do Espírito Santo.
    b) Prova das coisas que se não veem: O que é que acreditamos e ainda não vemos? Por exemplo, Jesus disse que ia preparar um lugar para nós, conforme se lê: Na casa de meu Pai, há muitas moradas; se não fosse assim eu vo-lo teria dito; vou preparar-vos lugar. (João 14:2) O leitor de facto acredita? Se sim, é porque possui a fé verdadeira em Deus.
    c) Devemos ter cuidado com a dúvida, que nos ataca a cada momento, quando desejamos voltar para Deus, mesmo logo ao pensarmos em tirar tempo para ler a sua Palavra, ou decidir ir assistir ao culto divino, para de facto ouvir a Palavra de Deus, para que nossa fé não só se firme, mas é muito necessária que ela cresça, até alcançar o tamanho de um grão de mostarda.
    d) Persistir com fé, lendo a Palavra do Senhor. Porque daí derivará todo seu alimento espiritual, para sua alma e espírito, pedindo ao Senhor Jesus que ajude sua vida e sua fé. Ele, com toda a certeza, o vai auxiliar e não se esquecerá de si. Somente tenha fé n’Ele.

    Por isso é que nós insistimos, que venha à Casa de Deus, para ouvir a sua Palavra, porque está escrito assim: De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela Palavra de Deus. (Romanos 10: 17) Falamos da fé centralizada na pessoa Bendita, Perfeita e Salvadora de Jesus Cristo, que é o único que pode salvar sua alma da perdição, perdoando-lhe todos os seus pecados, pelo seu sangue vertido no calvário, e recebendo-o de braços abertos como um Pai amoroso.

    Essa é a razão urgente de dispor de algum do seu tempo e voltar-se para Deus.

    COMENTÁRIO

    VERIFIQUE SUA FÉ COM DEUS

    Está no evangelho de S. Lucas o relato da tempestade que desabou sobre os discípulos, na travessia do lago da Galileia. Que hora horrível aquela, e fico a pensar nos temporais que se desencadeiam sobre a alma humana, provando-lhe a sua resistência, experimentando-lhe a fé. Tempestades quem não as tem? Quem não as defronta, constantemente? Quem não se prepara para defrontá-las, no dia de amanhã? Tempestades na vida do lar, na família; tempestades na vida social e no trabalho; tempestades íntimas e inesperadas, foi o que os discípulos defrontaram naquele dia inolvidável em que o Senhor, entrando no barco, lhes disse que passassem para a outra margem do lago.

    Era-lhe necessário conhecer a outra face da estrada da fé. Fé robustecida nas horas agudas da adversidade, no meio da tribulação. E eles começaram a navegar. O escritor chama-nos a atenção para um pormenor; quando Jesus dormia, levantou-se o temporal. Ventos enfurecidos com ondas furiosas, semeavam o perigo, o desespero, tudo parece perdido, irremediavelmente perdido. E quando eles se lembram que o Senhor Jesus também ia no barco, provando-os, muito embora dormindo, mas graças a Deus que ia no barco. Mestre perece-mos, clamaram com nervosismo, Jesus levanta-se, repreende o vento e fala às águas e fez-se bonança, e a paz retornou àquele mar e àquele barco. Que lição maravilhosas o Senhor ministrou aos Seus seguidores.

    Como é que o leitor está a portar-se, nas horas incertas da vida? Está confiando no poder de Deus, ou na habilidade dos seus braços? Confia na fortaleza do Mestre? Lembre-se que Jesus Cristo é o nosso amigo certo nas horas incertas. Quando tudo falhar, quando tudo nos falta, quando os horizontes se nos tornarem negros como os ventos da incompreensão humana batendo de rijo contra nós; com as águas tormentosas das enfermidades, investindo contra o nosso frágil ser humano ameaçando-nos tenebrosamente, levantemos os nossos olhos para os Céus.

    Abramos os nossos olhos, e vejamos que Jesus está connosco, ao nosso lado e confiemos somente n’Ele, depositemos n’Ele a nossa esperança e a nossa fé. E na hora exata, hora que só Ele sabe, a Sua providência valer-nos-á, a tempestade será repreendida e todo o nosso ser será cheio de alegria; como cristão, você se alegrará naquele que é o Senhor e verdadeiro barco de Salvação, para si e sua casa que se encherá de alegria, naquele que é o Senhor.

    Venha a Jesus, nem que a fé seja pequena, venha como é, venha decidido e de coração, voltado a Deus.

logo branco

Quinzenário do concelho de Vila Nova de Cerveira. Medalha de mérito concelhio.

geral@cerveiranova.pt
Telefone: +351 251 794 762

radio cultural de cerveira

Subscreva a nossa newsletter e receba as nossas novidades em primeira mão.